rubinho do vale

Artesã das cores.

Vejo Marina Jardim como uma artesã das cores. Uma artista que brinca com as tintas como se estivesse brincando de roda, de peteca, de barquinhos na enxurrada, correndo atrás do “Boi de Janeiro” no ritmo dos tambores dos foliões. Seus quadros são cheios de meninos e meninas e cada menina parece seu auto-retrato. Marina brincou nas ruas de Rubim, no Vale do Jequitinhonha, bebeu na cultura popular sem perceber e hoje mostra sua arte livre, leve, de cores fortes e movimentos suaves. Movimento é uma marca da pintura de Marina. Arte popular é a vida em movimento e Marina transporta para a tela com singeleza e emoção a essência do viver, amor-fé-alegria.

Rubinho do Vale

Cantor e compositor